quinta-feira, janeiro 19, 2006

Dados

(para F., que me presenteia
com suas porções mais interessantes)

Eu jogo dados

com Deus
e eles sempre
caem
do mesmo
lado.
Viciados Fatos
Pinto e bordo
nos precipícios
sou border
em qualquer
linha.
Minha cabeça
nem sempre pensou
melhor
sozinha.

2 comentários:

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi Cecilia!

Belo poema, como sempre.

Beijos do CC.

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested