segunda-feira, julho 31, 2006

Bem-me-quer

(foto: David Guimarães)

Eu queria desamassar
as franjas das Dálias
tentar esmaecer mais lento
o colorido brusco
dos amores-perfeitos
desfazer da petalância
insutil das orquídeas

Mas veio a segunda-feira
e as suas demandas...

Eu queria cunhar cavacos
entre as pedras da fonte
criar pontes de folhas
gigantes
para as lesmas, sobre o lago
transfundir de azul
um céu insistentemente
cinza

mas veio a seguda-feira
e as suas demandas...

Eu queria ensinar girassóis
(tão lentos e pouco confiáveis
girassóis, em dias sem sol)
e desenhar margaridas
de ímpares números brancos

Daí, não fosse segunda-feira,
eu as despetalaria
só para brincar - todos os dias -
resultando bem-me-quer.

11 comentários:

Re disse...

O bem-me-quer ou bem querer, sempre está presente para pessoas de tamanha sensibilidade.
Bjs, RE

douglas D. disse...

por demais belo...

Dalva disse...

Cecília!

As palavras te obedecem, ensinadinhas, e eu as vejo caminhar à beira dessa água, como formigas.

Mulher de Sardas disse...

ah, as demandas da segunda-feira...

e ainda aparecem assim, acompanhadas de 5º...

essa semana deveria ter sido toda domingo.

beijinhos.

Claudio Eugenio Luz disse...

Os dias com suas demandas, sempre acabam jogando para depois aquilo que demandaria apenas um segundo da nossa existência.

hábeijos

Rubens da Cunha disse...

consolo: este teu querer não é exclusividade tua. Pelo menos 99% destes que estão linkados nesta tua Lua em Libra dividem contigo a mesma vontade e a mesma agonia das segundas :)
abraços
Rubens

DE PROPOSITO disse...

Só agradecer-te a tua visita. Vou já partir. Voltarei.
Fica bem.
Manuel

Dafne disse...

Cecília
Encontrei o teu blog nas minhas visitas pelo do Manuel. E gostei muito do que escreve.
A nossa língua portuguesa é a mais bela de todas.
Convido-te a visitar o meu blog, creio que vais gostar.
Um bom fds para o outro lado do Atlântico.
Bem hajas,
Tua,
Dafne

marcos pardim disse...

embora hoje seja domingo, também gostaria de poder despetalar margaridas... e ler cecílias! 1 beijo

Azzuma disse...

Belo, bela.

mesmo sem ter uma razão suficiente, segunda traz no seu bojo um tanto de angústia, um bom bocado de preguiça.

Sempre que leio nome de flores lembro-me de uma amiga que se chama Dionéia (que é planta carnívora, se não estou enganado).
Um nome tão diferente... e tão lindo.

bjs

diovvani disse...

Por aqui, ciscando suas "novidades".
Menina... Depois diz que sou eu que gosto de brincar com os sentidos-palavras. Que bela petulância hem!?

"tentar esmaecer mais lento
o colorido brusco
dos amores-perfeitos
desfazer da petalância
insutil das orquídeas"

MontanhosoAbraçoDasMinasGerais.

E.T: aqui tem muitas boas-novas descobertas, confirmo a certeza, em cada post que leio!