terça-feira, julho 04, 2006

Nomes


Conversaram durante
um cálice
de espumante
e duas
confissões.

Na despedida
ele tomou-lhe
as mãos:
"Tempo,
minha querida,
é o outro nome
de Deus."

13 comentários:

RE disse...

O tempo transforma sonhos em realidade.
Bonito isto.
Bjs

Lu disse...

ou do diabo... depende da perspectiva, minha Lia. O tempo no seu claro-escuro pode ser tudo.
Beijo imenso e cheio de saudade.

Dalva disse...

Você acaba de ser promovida a primeira da lista! Gosto de você, porque você escreve ao mesmo tempo elevado e íntimo, pessoal e universal, prosa e verso.

Mulher de Sardas disse...

Por que sempre ELES fazem e desfazem do tempo?

Tempo pode ser o outro nome de Deus, mas o tempo só existe no masculino.

Um beijo, Cecília. Lindo como sempre!

Ivã Coelho disse...

Com esta idéia de Deus torna-me ainda mais aparente as severas constituições de seus feitos sobre nossas histórias, sobre nossas cabeças.

Beijão, poetamiga.

Paulo Vigu disse...

É... passo aqui enquanto lá fora se faz arrebol. Também tenho duas confissões: QUE BELO! Acerca deste tema, um amigo poeta me disse: "Tempo leva tudo, tudo leva tempo" - Abraço Poético - Paulo HG Vigu

Tita Aragón disse...

Cecilia, vim parar aqui por indicação de uma amiga e adorei!
Um beijo!

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Muito bom!
Beijos do *CC*

marcos pardim disse...

E como Tempo é largueza imponderável, dá tempo de denominá-Lo de tantos outros nomes, quer seja em cin fissões ou não. 1 grande abraço

Rubens da Cunha disse...

assustou minha respiração, este poema. quero ele pra mim, me dá, me dá.... :))
beijo
rubens

Edilson Pantoja disse...

Os atributos divinos: onipotência, onisciência e onipresença parecem comuns aos dois... Abraço, querida!

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Azzuma disse...

De deus nada sei.
Mas o tempo é de alguma forma o melhor anestésico do existente. E talvez nisso compartilhe segredos com deus.


Como vão as coisas, minha linda?

bjs