terça-feira, janeiro 09, 2007

Casa

23 comentários:

Valéria disse...

onde será a casa da alma?!
ai ai
beijo

Azzuma disse...

O mar e o raso sempre me alimentam.

bjão, poeta.

diovvani disse...

M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!!! Levarei-o comigo, para passear na minha manhã. AbraçoDasMinas.

Re disse...

Gostei, Bjs

Sandman of the Endless disse...

Oi, garota! Como você está??? Beijos...

Marilena disse...

coisa boa demais vir aqui e encontrar esta maravilha. beijos.

celina disse...

feliz em conhecer tuas belas fotos e belíssimos textos. parabéns, cecilia. voltarei.

Lu disse...

Minha Lia, reside no teu "quase" a essência da tua alma...rs.
Eu sei que me entendes.
Beijo cheio de saudade

marcos pardim disse...

e a mulher, dona da alma?, ainda que em sombra, "quase" se revela... 1 beijo.

Dalva disse...

Olá

Sinal de vida inteligente no planeta...

Beijos/abraços/

Dal.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anucha Melo disse...

putz... que sintonia... antes da caixa dos comentários abrir fiquei me perguntando... MAS ONDE SERÁ A CASA DA ALMA?... aí, entro aqui e leio o comentário da valéria... e a pergunta continua... beijo

ediney santana disse...

imagem e palavra em contatos belos e harmonicos

Edilson Pantoja disse...

Bonito, Lia! Abraço!

Claudio Eugenio Luz disse...

Retornando de férias e colocando as letras em dia. Hábeijoss

Wagner disse...

tah linda tudo isso..
parabe'ns!!

diovvani mendonça disse...

Mas... vezINquando volta pra essa casa aqui. AbraçoDasGerais.

Dora disse...

Cecília. Passei por aqui e me detive no primeiro post. A minha alma se recusou a voltar para casa...Que engenhosidade e imaginação encontrei na colagem do texto sobre a foto. Uma realidade quase palpável! Boniteza!
Deixo-lhe minha admiração num abraço.
Dora

Angel Cabeza disse...

Fala Cecília, tudo bem?
Vim agradecer a sua visita em meu blog. Meio tarde não é? Estive com problemas na net, mas já sanei.
Estive lendo o seu... belas linhas. E todos nós levamos sustos amarelos.
Postei coisas novas. Se quiser ler...
Abraços,
Angel Cabeza
www.angelcesar.zip.net

marcia disse...

Cecilia,como sempre vc é profunda sem ter a pretençaõ dos profundo... viva a simplicidade da profundesa!!!!!
beijao

Mão Branca disse...

Putz, tudo a ver:

Céu azul

A abóbada do
Céu azul e sol
De amarelo
Me liga

Um bobo dado
Ao céu e sol
Sem amargura
Pois amar cura
Todas as sombras
Que sofremos
Debaixo deste
Céu azul
E sol

[]s

Anônimo disse...

Oi Cecília!
Teus escritos são profundos, inteligentes, ultra-sensíveis. Queria comentar um deles, mas é praticamente impossível. Todos são tocantes. O Poema "Casa" é pequeno e deixa-nos marejados com a sensilibidade de suas letras e alma.
Beijoooooooooooooooo

Ghost Writer disse...

Oi Cecília!
Adoro teus escritos. É praticamente impossível escolher um pra comentar; O "Casa" me deixou marejada com sua sensibilidade.
Beijooooooooooooo