quinta-feira, maio 15, 2008

Óculos

“Estranho, o seu olhar.
Lembra mar, sendo castanho.”

Era uma mulher bem resolvida. Porque gostava do Tempo e seus signos, celebrou a chegada da quinta década como quem recebe um amigo há muito aguardado. Não se perturbou quando o espelho evidenciou as primeiras rítides permanentes nos entornos dos olhos e nos cantos da boca, nem procurou disfarçar os incipientes excessos revelando-se nas ancas. Nunca tivera muita empatia com as crises relacionadas às idades. Talvez ficasse devedora para sempre à vida da difícil tarefa de aprender a surfar, mas nem isso roubou dela a serenidade quando viu, além da segunda curva, a aproximação da sexta década de vida anunciar-se sem vertigens. Ganhou do mundo bem mais do que esperara e isso era aparente no brilho com que o olhar saudava aos eventos mais banais dos dias como autênticas Revelações. Um dia, as estradas do mapa da próxima rota pareceram embaralhar-se com as letras dos seus destinos. Espreitou - pela milésima vez - o papel desfigurado pelo semestre andado na bolsa. Foi só então que assumiu verdadeiramente o primeiro sintoma do tempo acumulado: o turvamento nada poético da visão de fora. Desconcertada feito uma colegial, a mulher bem resolvida mandou aviar seu primeiro óculos.

(Epígrafe: desconheço o autor. Texto: CeciLia Cassal)

6 comentários:

Mara faturi disse...

ai, eu amei;sabes que na terça fui ao oftalmo e aí??? vou ter de usar óculos, rs,rs...é sério!
passo sempre por aqui na certeza de boa leitura prefasiando o sono(insano),
bjo!

Camilla Tebet disse...

Que lindo! QUe visão poética de ganhar um ano a mais e o primeiro óculos da coleção. È assim não é? Vai-se acumulando vida, experiência,beleza e sabedoria. Deve ser um privilégio olhar pra isso assim. Mesmo que com sustos de vista turvada, logo o óculos acerta e vc enxerga o que não enxergava não só antes dos óculos, mas antes no tempo.
Adorei seu blog. Tõ favoritando.
Beijos
Camilla
www.essepapo.nafoto.net

marcia cardeal disse...

Eu vim aqui aplaudir você por esta (tão linda maneira de escrever sobre isto!!!) e pelas últimas postagens, que não consegui entrar pra comentar...Como gosto da sua força e delicadeza!!! Estremecimentos. beijo

Beto Mathos disse...

Well...eu entrei na quarta década, mas os óculos já foram aviados há tempos.
Lindo, lindo, lindo!
Grande beijo!

Mara faturi disse...

Lindona,

eu já tô usando óculos (só para perto, por enquanto, rs,rs),
espia o per-tempus...poemas novos!
bjão

Paulo Bentancur disse...

Aqui, apesar do tom sempre poetizado e com ritmo narrativo bem costurado, o desfecho leva ao humor. Surpresa em ti.

Beijinho.